RSS

todo torto

10 abr

Image

palmas à porta

não havia muro. era o amigo chegando de passagem. disse que sentia cheiro de café, mas não sabia de onde. acertou sem querer. ele sentou na minha cadeira, eu na cadeira reserva. falou que estava quente; concordei. disse que queria chuva; idem. perguntou das novidades; perguntei o que era isso. me contou do preço do tomate, da vitamina de abacate e do chá de erva mate. não fiz questão de servir mais café, perguntei como estava a mulher. não quis misturar assunto simples com complicado; não entendi. falou um tanto mais de seu trabalho, do aumento do salário, do curso universitário, de quem saiu do armário. sabia de tudo um pouco, da vida do São e do louco, do iluminismo e do barroco, de passar fome e sufoco. disse de todas as dores sofrer um tanto, mas que sem tristeza nem pranto, preferia num dia quente um gole daquele café a ter que ficar sozinho em casa sem amigo e sem mulher.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 10 abril, 2013 em General

 

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: