RSS

Desanuviar

23 abr

Hora de voltar… Uma volta e uma ida. Na cabeça uma frase deixando suas ondas: “Melhor do que vir para cá é voltar para casa.”

No céu o firmamento reluzindo na madrugada, na frente pai e filho conversando. Dois homens grisalhos e muito chão atrás e adiante.

À distinção das impressões que se intercalavam nas suas diferentes perspectivas, imitava a natureza ao lançar um pouco mais de luz à medida que o dia expulsava da noite seu manto escuro. E por entre relances a silhueta borrada de névoa revelava sua forma.

Como do diálogo as ideias melhor se distinguiam sob a luz da razão, ao amanhecer melhor se revelavam os contornos da natureza circundante.

Mas, quando nossa luz natural iluminava o tema discutido com força demasiada, não haviam mais sombras no meio-dia da razão. E aquilo que tão misteriosamente se distinguida no lusco-fusco, desanuviando lentamente, com a mesma força fez franzir a testa, fez ocultarem-se as estrelas, fez ofuscar a visão, e calar novamente o velho assunto para, quem sabe, pontuá-lo novamente numa nova noite clara.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 23 abril, 2011 em Aprendizado, Cotidiano, Vida

 

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: