RSS

Boom

16 abr

Estava passando por aqui e resolvi parar. Estava de passagem e resolvi pensar um pouco. Pensar alto.

Resolvi fazer o que muitos reservam às suas orações, só que sem a necessidade que qualquer um tente ou precise adivinhar o que eu quis dizer. Que diferença faz? Será que sempre vai existir alguma coisa que fica pouco ou mal entendida? Descartes nos fala em suas meditações que temos uma vontade infinita e uma razão finita. Disso eu penso que, se me considero mortal, tudo o que eu digo um dia vai cessar. Cessa com a vida que é minha. Mas não cessa, como sabemos, a capacidade humana de dar diferentes interpretações a tudo o que rodeia a vida humana neste planeta (e fora dele).

Então, em valor à esta vida que é minha, resolvi parar um pouco. Fazer o que antes eu conseguia com tamanha facilidade e temeridade: falar. Dizer alguma coisa, mesmo que até agora apenas tenha justificado minha visita até meu próprio site. De fato, quem visita é mais “dono” deste ambiente que eu… Eu, este ser finito, apenas deposito migalhas. Mas são minhas migalhas. E avareza por migalhas seria avareza demais para qualquer um. Seria?

Vim também na tentativa de usar esta minha “terapia” para fins egoístas. Claro que meus vinte leitores devem tirar proveito disso e rir bastante, mas isso me agrada. Prefiro vinte que se lembrem de mim de vez em quando a ter vinte mil que me esqueçam de vez. Quanto aos fins egoístas, antes que eu me esqueça, vou mantê-los em segredo, por enquanto. Mas ninguém sabe o dia de amanhã, ou depois de amanhã.

Vi também que minha última visita foi em fevereiro. E que este é o meu segundo post do ano! Isto é quase uma revista bimestral. Mas quanto a esta ausência gostaria de informar minha quase-que-absoluta indisponibilidade psíquica, racional, emotiva e psicológica para me concentrar em outra coisa que não o que faço diariamente, isto é, estudar, estudar, estudar. Portanto meu tempo fica limitado, não posso rever meus posts, e fico pensando: “Pra falar bobagem, melhor nem falar.”

“- E daí?” Vocês poderiam me questionar.

Justamente. É o que penso… e pense comigo: “Mas eis que eu conheci o Twitter, o Facebook, o Orkut, o MSN, o Bate-Papo da UOL, e todas as demais tragédias de comunicação humana virtuais do universo virtual da finita vida humana.”  Enfim decidi que minhas bobagens não devem assustar tanto quanto o que eu tenho lido.

Justamente. E daí… agora já sabem meus “fins” egoístas… Estou tentando me entender. 😉

Bons Ventos,
Willy

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 16 abril, 2010 em Cotidiano, General

 

Tags: ,

Uma resposta para “Boom

  1. Karina

    27 abril, 2010 at 5:00 PM

    Willy,

    Coisa difícil essa de entender, né??? Chego a conclusão que quanto mais tento menos entendo!

    Adorei seus fins egoístas, rs continue a compartilhá-los conosco, agora serei sua 21 leitora!

    Um abraço,

    Karina

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: