RSS

Reflexo

16 abr

Reflex

Ainda
tão simples,
tão fácil,
tão óbvil,
tão elementar
tão superficial,
tão difícil
assim.

Os ecos das vidas que percebo tantas vezes remetem aos fatos que certas vezes tomaram lugar em minha vida. Definitivamente não sou um curioso pela vida alheia, mas tento colocar a minha vida no lugar da dos que testemunham as suas como tentativa de melhor compreensão das palavras, das histórias.

Tento ver como a intensidade do momento se reflete,
quantas ondas deixa esta pedra lançada no rio da memória,
doces traços que deixaram sabores amargos,
boas lembranças que uniram-se, transformaram-se e mudaram…

E hoje o que continua é o que persistia pelo laço mais frágil, porém mais simples. O que toca de forma mais pura e nova a vida, a ousadia do novo em surpreender. A alegria por ainda sentir-se surpreso. Como em tantas línguas se fala: o encanto.

O belo
o bom

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 16 abril, 2008 em Cotidiano, Vida

 

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: